Bem-vindo ao site oficial da ACISO - Associação Empresarial Ourém - Fátima sábado, 1 de Novembro de 2014

COMENIUS RÉGIO

OURÉM & CZESTOCHOWA

Redes Sociais

Membro

Conselho Superior Associativo da

 
Confederação do Turismo Português

 
Microcrédito

 
Turismo Centro

 

Associados

Inscreva-se como Sócio

Directório Associados

 

Pesquisar no site

Notícias e Destaques

 

Medalha de Ouro

 

Mérito Municipal nos termos do Regulamento das Distinções Honoríficas do Concelho de Ourém

 

Utilidade Pública

 

Pessoa Colectiva de Utilidade Pública nos termos do Decreto-Lei n.º 460/77, de 7 de Novembro

 

Acreditação

 
Entidade Formadora Acreditada pelo:

Visitas ao site

 
 
Banner Aciso
 

Destaques: LOURDES: FUTURO DE FÁTIMA? POR ALEXANDRE MARTO


30-10-2014

Pela pertinência da reflexão divulgamos aqui o artigo do Dr. Alexandre Marto, Vice-Presidente da ACISO, publicado na Edição nº 603, de 24 de outubro, no Jornal Notícias de Fátima.

Lourdes: futuro de Fátima?

Os números da hotelaria em Lourdes são assustadores. Enquanto os números de viajantes em França e no mundo batem anualmente recordes, Lourdes vai definhando. Nos últimos cinco anos a cidade de Bernadette perdeu quase um quarto das dormidas. O número de chegadas registou a mesma quebra, o que significa que o padrão de estadia (número de noites registado por hóspede) não sofreu alterações. O que mais assusta não é a dimensão da quebra, mas a forma como se está a registar. Em nenhum dos últimos 5 anos se observou um crescimento do número de noites naquela cidade. Eu ficaria menos assustado se a quebra se tivesse dado de forma repentina, de um ano para o outro, talvez fruto de algum cataclismo natural ou económico, eventualmente irrepetível e reversível - as inundações de 2013 ou a crise económica. Mas as razões podem ser mais estruturais:

1) A mensagem de Lourdes, como é percecionada no mundo, pode estar a tornar-se anacrónica para a comunidade católica actual, menos preocupada com o que é ou não imaculado, e adversa a uma oferta da cura do corpo ou de águas milagrosas que têm uma concorrência feroz na ciência. 

2) A mercantilização da cidade é por vezes agressiva e pode chocar o visitante;

3) A origem dos visitantes a Lourdes é essencialmente europeia, e muito concentrada em poucas nacionalidades, das quais se destaca a italiana.

4) O turismo religioso é maltratado em França, como o é em Portugal, fruto de reminiscências jacobinas que por ali, como aqui, persistem.

5) Os hoteleiros em Lourdes são pouco sofisticados, quase todos de natureza familiar e dimensão reduzida, o que não lhes permitiu o acesso a novos mercados nem a perseguir economias de escala. Muitos encerraram portas nos últimos anos, quando o valor libertado pelos seus negócios se tornou insuficiente para a renovação das suas instalações. 

Será Lourdes o futuro de Fátima?

A mensagem de penitência apresentada em Fátima choca com o hedonismo dos tempos atuais – mas talvez esteja aí afinal a pertinência dessa mensagem. E as eventuais leituras políticas da mesma não terão ainda alcance em locais como a Coreia? Em todo o caso estas leituras são certamente redutoras, e este é um assunto que compete à reflexão mais profunda que só a Igreja conseguirá ter.

Mas a leitura sobre o futuro da actividade económica compete a cada um dos pequenos hoteleiros de Fátima, responsáveis por cada posto de trabalho suportado. É certo que a realidade do santuário português difere em muitos aspetos daquele francês. Particularmente, os hoteleiros fatimenses beneficiam da integração de Fátima em circuitos de touring cuja natureza religiosa é muitas vezes marginal. Por outro lado a diversificação das origens dos visitantes é claramente maior. Mas a dependência dos mercados europeus é similar. E a dimensão e natureza do parque hoteleiro também.

É curioso observar a resposta dos hoteleiros franceses. Tornou-se evidente que as pequenas unidades hoteleiras não poderão sobreviver. Muitas foram encerrando portas ao longo das últimas décadas, outras encerrarão nos próximos tempos. Mas outros adaptam-se à situação, com resultados que importa observar. O maior grupo hoteleiro de Lourdes opera hoje 7 hotéis, cresceu de forma orgânica, e promove-se em 3 continentes. O segundo maior grupo hoteleiro de Lourdes nasceu há poucas semanas num esforço conjunto de hoteleiros independentes e opera 5 hotéis. E o terceiro maior grupo hoteleiro apresenta 4 hotéis e desenvolveu uma marca – “Maria Hotels” – com um grupo de hoteleiros de prestígio em Fátima para potenciar a promoção.

Com uma escala sem paralelo à realidade de Fátima, estes grupos estão a fazer um esforço para contrariar algumas das causas da crise do destino. É bom observar e refletir sobre os seus resultados. 

Porque o futuro deles pode ser o nosso.


[Ler completo]

Destaques: GUIA DAS BOAS PRÁTICAS FISCAIS PARA A RESTAURAÇÃO


28-10-2014

A AT- Autoridade Tributária e Aduaneira lançou um  Guia das boas práticas fiscais para o sector da restauração e similares, com o intuito de transmitir aos contribuintes, especialmente pessoas singulares que desejem iniciar ou que já exerçam atividades económicas no âmbito da restauração e similares informações genéricas sobre os seus direitos e obrigações.

Consulte aqui


[Ler completo]

Destaques: CARTÃO MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE OURÉM


27-10-2014

O Município de Ourém no âmbito das políticas de apoio à juventude, implementou o Cartão Municipal da Juventude de Ourém, em cooperação com a ACISO e a empresa municipal OurémViva.

Este cartão destina-se aos jovens residentes no concelho de Ourém, com idades compreendidas entre os 12 e os 30 anos e pretende contribuir para a formação e o desenvolvimento da juventude no concelho, através do acesso a iniciativas e a bens que promovam a qualidade de vida e realização pessoal. Simultaneamente, pretende contribuir para o estímulo da economia local por via do incentivo ao acesso de equipamentos culturais, desportivos, comerciais e outros, que revistam de interesse para a comunidade jovem.

 

Para a concretização desta iniciativa é necessária a colaboração de todos os agentes económicos do concelho, os quais convidamos a associarem-se como entidades aderentes. O benefício a conceder pode ser realizado em termos de desconto em produtos ou serviços da sua empresa ou de outros que considere importantes para a comunidade jovem. 


Para aderir basta fazer-nos chegar a ficha de inscrição, devidamente preenchida, através do email geral@aciso.pt ou pessoalmente. Poderá ainda consultar aqui o regulamento. 


[Ler completo]

Destaques: FUNDOS EUROPEUS ESTRUTURAIS E DE INVESTIMENTO


27-10-2014

Foi publicado, hoje, o Decreto-Lei n.º 159/2014, que estabelece as regras gerais de aplicação dos programas operacionais e dos programas de desenvolvimento rural financiados pelos fundos europeus estruturais e de investimento, para o período de programação 2014-2020

Consulte aqui o diploma.


[Ler completo]

Destaques: PROGRAMA GALP PROENERGY PME


24-10-2014

ACISO é uma das associações parceiras do programa Galp ProEnergy PME, que tem como objetivo promover a redução dos consumos de energia elétrica e aconselhar as pequenas e médias empresas sobre as melhores práticas na utilização de energia elétrica, através de formação gratuita, a decisores e gestores de topo de PME. 

Após a formação, as PME poderão contar com a colaboração das Agências de Energia e Ambiente das suas regiões para receber aconselhamento sobre as melhores práticas de utilização da energia nos seus setores de atividade e sobre as medidas a adotar para iniciar a implementação do seu plano de eficiência energética, que poderão depois candidatar ao selo Galp ProEnergy

Para participar no Galp ProEnergy, as empresas deverão efetuar a sua inscrição até 28 de novembro, em www.galp-proenergy.com


[Ler completo]

Destaques: COEFICIENTE DE ATUALIZAÇÃO DAS RENDAS PARA 2015


23-10-2014

Foi publicado o coeficiente de atualização de rendas a vigorar para o ano de 2015 através do Aviso 11680/2014, de 21 de outubro: foi fixado em 0,9969 a que corresponde um aumento nulo, não se procede a qualquer atualização do valor das rendas, permanecendo os mesmos inalterados.


[Ler completo]

Destaques: CRIAÇÃO DA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE DESENVOLVIMENTO


23-10-2014

Foi publicado o Decreto-Lei 155/2014, de 21 de outubro, que cria a IFD – Instituição Financeira de Desenvolvimento e aprova os respetivos estatutos. 

A Instituição Financeira de Desenvolvimento, conhecida como Banco de Fomento, ficará sediada no Porto e terá por objeto a realização de operações que visem colmatar as insuficiências de mercado no financiamento de pequena e médias empresas viáveis, através da gestão e administração de fundos de investimento, da realização de operações de crédito e da prestação de garantias. Assumirá a gestão de instrumentos financeiros com recurso a financiamento de fundos europeus, estruturais e de investimento, incluindo os relativos ao quadro comunitário de apoio 2014-2020 e a gestão dos fundos resultantes do reembolso de incentivos reembolsáveis dos diferentes períodos de programação no âmbito dos fundos europeus. 

A IFD pode também desenvolver a atividade de consultoria a PME´s em matéria de estrutura do capital, de estratégia empresarial e questões conexas, bem como consultoria e serviços no domínio da fusão e compra de empresas. 


[Ler completo]

Destaques: ABC MERCADO MOÇAMBIQUE


23-10-2014

Divulgamos ABC Mercado Moçambique, um evento dedicado aos setores agroalimentar (agricultura e agroindústria) e metalomecânico, que a AICEP realiza nos dias 28 e 29 de outubro, respetivamente em Santarém e no Porto. Em Santarém, o evento terá lugar no Santarém Hotel e no Porto, na Porto Business School. Esta iniciativa conta com a presença do Diretor da AICEP em Maputo, Fernando Carvalho, de representantes dos Ministérios da Agricultura e da Indústria e Comércio de Moçambique, bem como de várias entidades parceiras que se juntam à AICEP, para abordar estas e outras características relevantes deste mercado. Da parte da tarde terão lugar reuniões bilaterais (reuniões de 15 minutos cada) do representante da AICEP em Moçambique e dos convidados moçambicanos com empresas interessadas (inscrições no local, de acordo com disponibilidade de agenda). Inscrições até 27 de outubro. 
Saiba mais sobre esta iniciativa e inscreva-se aqui.


[Ler completo]

Destaques: AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE "TRABALHO NÃO DECLARADO"


22-10-2014

A ACT – Autoridade para as Condições de Trabalho realiza, no próximo dia 30 de outubro, pelas 16h30, na sede da ACISO, uma ação de sensibilização sobre “Trabalho Não Declarado”. A ação será dinamizada por António Salgueiro, inspetor da ACT e contará ainda com a presença de um representante do SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Pretende-se com esta ação sensibilizar os empresários para as vantagens do trabalho declarado e para os riscos e consequências da sua não declaração. Segundo dados de 2013 do Eurofound, a economia informal em Portugal representa cerca de 19,4% do PIB. O trabalho não declarado tem efeitos negativos sobre a dinâmica do crescimento das empresas e sobre as oportunidades de inovação e melhoria do capital humano. 

Participação gratuita, sujeita a inscrição prévia, através do email geral@aciso.pt ou telefone 249 540 220.


[Ler completo]

Destaques: REDUÇÃO DA TAXA CONTRIBUTIVA PARA A SEGURANÇA SOCIAL


20-10-2014

Foi hoje publicado o Decreto-Lei nº 154/2014, que cria uma medida excecional de apoio ao emprego que se traduz na redução de 0,75 pontos percentuais da taxa contributiva para a segurança social a cargo das entidades empregadoras relativa às contribuições referentes às remunerações devidas nos meses de novembro de 2014 a janeiro de 2016, nas quais se incluem os valores devidos a título de subsídios de férias e de Natal. Desde que se trate de trabalhadores que auferiram a retribuição miníma mensal garantida entre janeiro e agosto de 2014. 

Para beneficiarem da redução da taxa contributiva, as entidades empregadoras devem proceder à entrega das declarações dos trabalhadores abrangidos de forma autonomizada de acordo com a redução da taxa contributiva aplicável.


[Ler completo]

Destaques: QUESTIONÁRIOS DE AVALIAÇÃO SOBRE IMPACTO E NECESSIDADES DE FORMAÇÃO


20-10-2014

ACISO E INSIGNARE APRESENTAM RESULTADOS DOS INQUÉRITOS DE AVALIAÇÃO SOBRE IMPACTO E NECESSIDADES DE FORMAÇÃO

A ACISO – Associação Empresarial Ourém–Fátima e o LIFE – Local de Inserção, Formação e Ensino, novo departamento da Insignare – Associação de Ensino e Formação, lançaram conjuntamente, no passado mês de julho, Questionários de Avaliação do Impacto da Formação e de Diagnóstico das Necessidades de Formação. 

Assente numa plataforma online, com vista a recolher informação que sirva de suporte na preparação de candidaturas ao novo Quadro Comunitário, os dois inquéritos visaram respetivamente as empresas associadas da ACISO e os adultos que frequentaram formação nestas duas entidades, nos últimos dois anos. Num universo de 2500 inquiridos obteve-se uma taxa de resposta estatisticamente bastante relevante. Os setores mais representativos são o comércio e a hotelaria / restauração, com especial incidência nas microempresas. 

As áreas de formação mais requeridas pelas organizações foram Higiene e Segurança no Trabalho (HST) e Primeiros Socorros. Quanto às principais necessidades de formação sentidas destacam-se novamente as duas primeiras, acrescendo o Comércio e Vendas.

Quanto aos indivíduos, as respostas vieram maioritariamente de mulheres, com idade entre os 25 e os 44 anos; perto de metade possuem o ensino secundário. As temáticas mais frequentadas foram as Línguas Estrangeiras, os Primeiros Socorros e a Informática; já as explicitadas como de maior carência são Informática, HST e Contabilidade / Fiscalidade.

A principal conclusão, além das áreas formativas a ministrar no âmbito do próximo Quadro Comunitário, como já explicitamos, foi a percentagem importante das empresas e dos indivíduos que classificaram de “Bom” o impacto formativo em termos de melhoria de competências sociais, profissionais e no desempenho geral na empresa, o que denota a proximidade das ofertas formativas, disponibilizadas à realidade socioempresarial, pelas duas entidades formadoras mais representativas na região.

ACISO - Gabinete de Formação Empresarial 

INSIGNARE – LIFE–Local de Inserção, Formação e Ensino


[Ler completo]

 

Publicidade

Aciso

Este Espaço pode ser Seu.

Veja Aqui Como.

Feiras / Exposições

Outubro 2014

25 a 30 outubro - Feira Nova de Santa Iria

(Parque da Cidade António Teixeira)


Outubro 2014

30 de outubro a 02 de novembro - EXPOAUTO - 21º Edição do Salão Automóvel

(Exposalão-Batalha)


Novembro 2014

19 a 22 novembro - Feira Internacional de Máquinas para Trabalhar Madeira

(Exponor)


Novembro 2014

19 a 22 novembro - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria

(Exponor)


Novembro 2014

22 a 30 novembro - Salão de mobiliário, materiais de construção, climatização e arquitectura de interiores

(Exposalão-Batalha)


mais

Saiba + Sobre ...

Estágios Emprego

----------------------------------

Estímulo Emprego

----------------------------------

Incentivo Emprego

----------------------------------

Cartão Municipal 65+ Social

----------------------------------

Cartão Municipal da Juventude

----------------------------------

Plano Nacional de Microcrédito

----------------------------------

Tabelas de Retenção na Fonte IRS (2014)

----------------------------------

Saldos/Promoções/Liquidação

----------------------------------

Taxa Alimentar Mais

----------------------------------

Regime Contributivo para Seg. Social - Trabalhadores por Conta de Outrem

----------------------------------

IRS - Perguntas Frequentes

----------------------------------

IMI - Perguntas Frequentes

----------------------------------

Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU)

----------------------------------

Programa FINICIA - Financiamento no Arranque de Empresas

----------------------------------

Comunicações e Autorizações Obrigatórias em Matéria de Relações Laborais

----------------------------------

Comunicações Obrigatórias em Matéria de Segurança e Saúde no Trabalho

----------------------------------

Tabela Geral do Imposto de Selo

----------------------------------

Oportunidades de Negócio

----------------------------------

Regime Contributivo para Seg. Social - Trabalhadores Independes

----------------------------------

Informação Empresarial Simplificada/Declaração Anual - Perguntas Frequentes

----------------------------------

Programa Revitalizar

----------------------------------

IRC - Perguntas Frequentes

----------------------------------

mais

Formulários Autoridade Tributária e Aduaneira (AT)

----------------------------------

Instituto dos Registos e Notariado (IRN)

----------------------------------

Código do Trabalho

----------------------------------

Novo Regime de Arrendamento Urbano (NRAU)

----------------------------------

Portal da Empresa

----------------------------------

Formulários Segurança Social

----------------------------------

Validador de ficheiros SAFT-PT

----------------------------------

CAE - REV 3

----------------------------------

Diário da República

----------------------------------

Códigos Fiscais

----------------------------------

mais

Minutas & Impressos

Certificado VERDORECA

----------------------------------

mais

Simuladores

Cessação Contrato de Trabalho

----------------------------------

Cálculo IMI

----------------------------------

Cálculo IMT

----------------------------------

Cálculo NRAU

----------------------------------

Cálculo VPT

----------------------------------

mais

Guias & Ajudas

Guia das boas práticas fiscais para a restauração e similares

----------------------------------

Guia sobre o financiamento da UE para o sector do turismo

----------------------------------

Guia Prático - Regime Excecional de Reabilitação Urbana

----------------------------------

Listas de verificação de segurança e saúde no local de trabalho

----------------------------------

Guia Fiscal 2014 (Deloitte)

----------------------------------

Mapa da Cidade de Fátima

----------------------------------

Guia - Dispensa de Pag. Contribuições 1º Emprego e Desempregado Longa Dur.

----------------------------------

Guia - Pagamento de Contribuições à Segurança Social

----------------------------------

Guia - Inscrição e Alteração de Dados - Pessoa Coletiva

----------------------------------

Guia - Regime de Layoff

----------------------------------

Guia - Inscrição, Alt. e Cessação de Atividade de Trab. por Conta de Outrem

----------------------------------

Códigos Postais

----------------------------------

Conversor de Moeda

----------------------------------

Guia do Investidor (AICEP)

----------------------------------

Guia do Exportador (AICEP)

----------------------------------

Guia do Sistema Laboral em Portugal (AICEP)

----------------------------------

Guia - Inscrição, Alteração e Cessação de Atividade de Trab. Independente

----------------------------------

Guia de Boas Práticas de Higiene e Segurança Alimentar

----------------------------------

Legislação Nacional (Compilação)

----------------------------------

Calendários - 1900 até 2078

----------------------------------

Calendário Fiscal (2014)

----------------------------------

mais