12-Janeiro-2018

/

Notícias

Sessão de divulgação dos VI Workshops Internacionais de Turismo Religioso e outras ações

A ACISO – Associação Empresarial de Ourém Fátima promoveu esta quarta-feira uma sessão aberta para apresentar os dados mais recentes sobre o Balanço do Centenário de Fátima e o crescimento do turismo na região, contando com a presença da Secretária de Estado do Turismo, do Presidente das ARPT/ERT do Centro de Portugal, do Presidente da CCDR Centro e do Presidente da Câmara Municipal de Ourém.

Com mais de 1 milhão de dormidas em Fátima e 8 milhões de visitantes, 2017 superou todas as expetativas e catapultou este destino como um dos mais importantes a nível de turismo religioso mundial. “Fátima é hoje um lugar de referência a nível internacional”, salienta Domingos Neves, presidente da ACISO.

Coreia do Sul, Polónia, Itália e EUA foram os países que registaram um maior crescimento de peregrinos, levando à intensificação da promoção do destino de Fátima junto dos operadores locais destes destinos, como foi exemplo a participação no Workshop de Nova Iorque, em novembro passado.

É de salientar ainda que, em 2017, a taxa de ocupação em Fátima alcançou pela primeira vez uma estimativa de 40%, ultrapassando a região do Alentejo.

Este é um crescimento que tem sido sustentado ao longo dos anos e que, tal como referiu a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “é fruto de uma aposta que tem vindo a ser trabalhada arduamente nesta última década”. Contudo, com números tão positivos “a ambição para 2018 é grande mas a dificuldade é ainda maior porque parte de um patamar muito elevado”, salienta Ana Mendes Godinho.

Para 2018, um dos maiores projetos é a realização dos VI Workshops Internacionais de Turismo Religioso, entre os dias 22 e 24 de fevereiro, que além de Fátima vão realizar-se também, pela primeira vez, na cidade da Guarda, onde será apresentado como novidade o Turismo de Herança Judaica.

Com cerca de 700 participantes, entre os quais 150 Hosted buyers, 150 Suppliers e 40 Expositores institucionais e corporativos, todos especialistas em touring e turismo religioso, “terá cerca de 4.800 reuniões pré-agendadas e é um dos maiores eventos de turismo do país e o evento de turismo religioso mais importante em todo o mundo”, referiu Alexandre Marto, vice-presidente da ACISO.

Tal como salientou a Secretária de Estado do Turismo, “neste momento somos o país que todos querem e quando descobrirem o que Portugal é, não vão resistir!”.

Partilhar esta Notícia