22-Março-2020

/

Notícias

Mensagem da Presidente da Direção da ACISO

Inesperadamente, o mundo mudou. Não há planeamento que, mesmo em cenário pessimista, tenha contemplado a situação que agora vivemos. As empresas, base de funcionamento de toda a economia, veem-se agora confrontadas com múltiplos compromissos e com total ausência de atividade e de rendimentos. As preocupações com os trabalhadores e com as famílias que deles dependem são muitas e as respostas insuficientes.

 

Os empresários enfrentam agora um desafio nunca antes sentido. Chamados a tomar decisões, dia a dia, minuto a minuto, num enquadramento de total incerteza, repleto de fatores externos incontroláveis, necessitam, como nunca, de reforçados apoios. É fundamental que sejam lançadas medidas adicionais quer ao nível da comissão europeia, governo ou mesmo autarquia. Todos temos a consciência do impacto social do encerramento de empresas, tornando-se assim imperativa a concentração de esforços coletivos para que tal não aconteça.

 

Sabemos que o quadro atual é crítico, mas também sabemos que, acatando de forma séria e diligente as orientações das entidades responsáveis, poderemos contribuir para mitigação dos efeitos da COVID-19, redução do seu impacto e redução do período de restrições. O mundo parou e talvez possamos aproveitar esta pausa para nos reinventarmos, para equacionarmos novas formas de fazermos as coisas; novas formas de promovermos o desenvolvimento numa perspetiva mais sustentável. Vamos, pois, fazer o nosso papel!   

 

A ACISO continuará a dar o seu melhor para responder às várias questões dos nossos associados, apoiando as empresas neste momento difícil. Continuará também a fazer tudo o que estiver ao seu alcance na reivindicação de medidas de apoio às empresas e aos empresários, para que seja possível fazer esta travessia com o mínimo de impacto possível, tanto a nível económico, como social. Continuará a dar o seu melhor, através de uma equipa dedicada e empenhada a trabalhar permanentemente para as empresas e pelas empresas.

 

É nos tempos mais difíceis que a arte e engenho mais se ativa. Hoje, todos fazemos parte de um exército de combate à COVID-19. Com a mobilização de todos vamos conseguir!

 

Partilhar esta Notícia